Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Joana Cristina Pinto

Joana Cristina Pinto

30
Nov21

Vamos falar de Dezembro 2021

Joana Cristina Pinto

desz.jpg

Dezembro chega com uma energia muito interessante.

Nem boa nem má.

É a energia que é, e cada receberá na medida que fizer.

 

Dezembro traz consigo todas as emoções, e pede que se abra o coração a tudo.

Nestes dias não se vai pode fugir aquilo que se sente.

Não pode, em circunstancia alguma, negar ou resistir ao que sente.

 

A cura do chakra do coração é agora possível,

Mas cuidado que vai doer.

A ferida para sarar vai ter que arder.

 

Já se vai poder começar a sentir a energia de 2022 pelo que deve estar atento a tudo aquilo que o ano pede e traz consigo.

 

O mês de todas as emoções.

Onde tudo será possível.

Onde tudo estará realçado.

Onde tudo tem que ser sentido.

 

O seu foco deve ser a paz e a tranquilidade, pelo que não deve alimentar guerras, maus sentimentos e situações que só trazem desgaste.

 

Se se sentir sozinho deixe essa dor doer.

Muitos vão-se aperceber que não está lá ninguém, que estão sozinhos, órfãos, abandonados.

Não tenha medo disso.

Sinta.

Deixe doer.

Acostume-se a dor.

Conheça-a e logo a seguir construa a vida que quer.

 

Sem reconhecer o que é nunca poderá viver o que pode vir a ser.

 

Vários desbloqueios são de esperar e pode contar com avanços em situações que pareciam perdidas.

Atenção que isto só acontecerá em situações onde existem bons alicerces. Se esse não for o caso, várias perdas são de espertar.

Deixe tudo cair., simplesmente observe, sinta e aprenda.

No dia a seguir recomeça.

 

Estes dias não serão caridosos nem fáceis se entrar em mentalidade de vítima.    

 

Não faça por provar nada a ninguém.

Simplesmente seja e esteja.

Não insista e não force.

Simplesmente seja a esteja.

Não exija nem cobre.

Simplesmente seja a esteja.

Não fantasie nem se engane.

Simplesmente observe e acredite naquilo que está a sua frente.

 

Energias agressivas e de força tenderão a sair do controlo e trazer vários problemas.

 

Problemas e situações de escolhas não devem ser adiados e tudo deve ser resolvido com celeridade.

 

Intuição e imaginação serão as palavras de ordem nestes dias pelo que deve aproveitar estas energias para mexer com projectos que carecem de um empurrão.

Não negue nada à partida a atreva-se a ser diferente e a arriscar.

Lembre-se que é tempo de viver a vida.

É tempo de sentir.

 

Dezembro pede sentimento, paixão e entrega.

A si, entenda-se.

Os outros que cuidem das suas próprias batalhas.

 

Entrega não só ao amor romântico, mas sim todo o tipo de amor – familiar, amigos, animais, ….

A vida vai muito além daquilo que é a noção romântica e altamente tóxica do amor romântico. Mas isso são contas de outro rosário.

 

Inspire-se e faça.

Não conte.

Não partilhe.

Faça e crie.

 

Atreva-se a sonhar e a criar aquilo que deseja.

A vida é injusta e cruel, mas cabe a si criar uma vida feliz e equilibrada.

Inspire-se e faça.

Sinta.

 

Cuidado com promessas e juras pois essas energias mancham e prendem energia a situações, espaços e pessoas. Faça regularmente corte dessas energias.

 

 

Dezembro será curioso mas será cruel para quem fechar o coração ou mesmo o encher de fantasias e ilusões.

Abra o coração e o chakra.

 

O futuro de muitas relações pode se começar a desenhar agora. Atente aos sinais e tenha a coragem de os aceitar.

 

Os ventos mudam agora.

E é tempo de alinhar as suas velas.  

Serene o espirito.

Coragem.

 

P.S. Quem começar agora as mudanças leva vantagem.

 

Joana Cristina Pinto

10
Nov21

Previsão para 2022 - a minha leitura

Joana Cristina Pinto

man-gedffb6c8c_1920.jpg

Energia regente 

6 – Os enamorados

 

Energia co-regente 

22 / 4 – O Imperador

 

Energia Secundária 

3 – A Imperatriz

 

Palavras-chave do ano

responsabilidade, disciplina, crescimento, harmonia, escolha.

 

Este ano traz consigo uma prova de fogo.

Seria de esperar um ano harmonioso, calmo e dedicado a família ou mesmo aos afectos, mas não pode se pode deixar enganar ou distrair senão o ano vai atropela-lo.

 

O ano apresenta-se com uma energia forte e exigente. Como se fosse tempo de deixar de brincadeiras e assumir responsabilidades.

Acabou o tempo de adiar.

Acabou o tempo de ser infeliz.

Acabou o tempo de se queixar.

Acabou o tempo de meias vontades, medidas e desejos.

Acabou o tempo de deixar para depois.

 

2022 pede responsabilidade, seriedade, honestidade, bondade, parceria, comunicação, confiança, harmonia. Pede muito mas também se prepara para dar muito. Se o campo for lavrado a promessa da colheita será cumprida.

Mas atenção áquilo que planta pois tudo crescerá com o mesmo vigor. Nunca o proverbio “se plantar ventos colherá tempestades” estará mais correcto. Será simples assim, aquilo que der vai ser aquilo que terá.

 

Aquilo que for será aquilo que a vida lhe vai atribuir.

Sem merecimentos, vitimizações ou tretas.

Aquilo que é e dá, é aquilo que terá e será.

Simples.

 

***

 

Quando vejo a energia do ano vejo o Imperador nas sombras, já em pé e com a espada na mão pronto a cortar e disciplinar.

Ele será cruel mas justo.

Ele será severo mas correcto.

Ele não terá compaixão.

E ele não vai aceitar meias acções.

Ele quer tudo.

Ele exige tudo.

Não por maldade, mas para você mesmo se cumprir.

 

Cuidado com discussões e conflitos no geral, pois rapidamente estas energias podem sair do controlo e grandes problemas surgir dai. É essencial que tenho muito cuidado e atenção a forma como comunica e como partilha aquilo que sente e pensa. Não deixe de o fazer por medo ou insegurança. Apesar de uma certa dureza o ano pede abertura.

 

Claramente um ano dedicado as emoções e aos relacionamentos.

Reparem que o casal se juntou – Imperador e Imperatriz tomam lugares secundários mas com uma energia brutal. E mesmo na energia principal temos os enamorados, novamente o casal ainda novo e ingénuo a procura de orientação do anjo.

 

Se o imperador se apresenta a frente a imperatriz está logo a seguir com a sua bondade e doçura. Mas cuidado que ela não se deixa enganar. Ela espera que venha até ela, mas para isso terá que passar pelo Imperador.

Ela tem as mãos cheias de coisas boas e o colo dela cheira a amor e serenidade. Mas tudo isto tem que ser merecido. Ela não desperdiça recursos. Ela é a personificação da Deusa e ela reflecte aquilo que lhe dão. Ela é mulher e por isso tem a capacidade de multiplicar tudo.

 

O que lhe vai dar?

Nunca se esqueça que cabe a si mudar a narrativa.

 

Claramente um ano para trabalhar o Divino Masculino e o Divino Feminino.

Eles vão estar forte e presentes em todo o ano, mas sempre como energia secundárias. Porém o Imperador deverá ser a energia mais forte, pelo que é preciso ter cuidado com isso.

 

***

 

Tenderá a ser um ano lento e de resultados difíceis. Não espere facilidades mas espere realizações.

Paciência será uma energia chave para lidar com tudo aquilo que o ano lhe trará.

 

Este será igualmente um ano de escolhas e decisões. Lembre-se que quando não escolhe a escolha será feita por si.

 

É essencial que não esqueça isto: se não escolher a escolha será feita por si.

Não adie, ou negue as suas responsabilidades. Tudo o que for ignorado vai crescer em seriedade e perigo.

 

As relações humanas e suas dinâmicas continuam no foco central das energias.

 

Cuidado com o excesso de orgulho, ciúmes e ressentimentos. Se algo correr menos bem, deixe ir e não se apegue a estas energias. Isto é mais sério quando falamos de relações pois continuam a ser o grande foco.

Como vive as suas relações, como as sente, como vê o outro, como o respeita. Enfim, serão questionamentos que virão ao de cima.

 

As emoções serão postas a prova e muitos relacionamentos (ou conexões sentimentais – família, amigos, etc) poderão passar por fases mais tensas e difíceis. Sim, muitos relacionamentos vão cair. E quando for assim faça o seu luto e agradeça.

 

Lembre-se que meias doses não servem. O imperador quer tudo, pois ele sabe do seu valor.

 

Cuidado com jogos de manipulação e controlo. Prepotência e abusos também poderão ocorrer. Não seja opressor mas não se deixe oprimir.

 

VIVA E DEIXE VIVER.

 

Deixe os outros serem aquilo que são e querem ser.

Lembre-se que pode amar a distância.

Liberte-se das amarras.

Da ilusão.

Da carência.

Abra o coração e veja a verdade.

Vai doer mas o colo da Imperatriz cura tudo.

 

***

 

É inegavelmente um ano de construção. Tem que fazer obra, tem que mostrar serviço. Se passar pelo ano sem nada fazer, nada vai receber.

Ficou claro?

Sem vitimização.

Sem merecimento (somente o agora conta).

 

2022 será um ano de extrema energia e poder, pelo que deve procurar sempre o equilíbrio e o bem-estar energético e espiritual para não perder o pé.

 

Não tenha medo, pois o pai e a mãe cuidam de si (o Imperador e a Imperatriz / o Deus e a Deusa / o Divino Masculino e o Divino Feminino). A dualidade está para ficar.

O equilíbrio entre as forças.

Nem machismo nem feminismo – o equilíbrio. É somente isso que é pedido.

 

Energias mais masculinas serão levadas a entrar no feminino e energias mais femininas terão que assumir o seu masculino.

Muitos milagres poderão ocorrer se conseguirem corresponder a estas energias.

 

***

 

Os primeiros 4 meses do ano serão mais calmos e poderão mesmo ser difíceis pois a transição energética tende a ser densa. Cuide da sua energia e comece logo a trabalhar naquilo que são os seus objectivos para o ano.

Poderá a ser levado a questionar as suas crenças – faça-o de for crua e dura. Deixe-se ir pela dúvida, e permita que ela faça estragos. Depois procure a sua verdade, a sua, aquela que se encontra dentro de si. É altura de romper com tudo aquilo que tem sido imposto durante vários anos.

Tenderá a sentir vontade de se isolar mais – faça-o mas de forma ponderada pois a energia continua a pedir trabalho e interacções humanas. É para viver.

 

De Maio a Agosto vem a revolução. Energia tenderá a ser mais inquieta e nervosa e é essencial que se mexa. Energia não se cria nem destrói, transforma-se e transmuta-se. Se entender isso vai curar muitas áreas da sua vida. Viaje, mude, termine o tal relacionamento, despeça-se, … faça o que tem vindo a adiar. Aproveita esta energia mais caótica e faça. Atenção que tem que ser feito com cabeça e juízo senão rapidamente cai numa espiral de problemas. Está será uma altura de muito trabalho.

Saúde mental será essencial nesta altura. Se não está bem é altura de pedir ajuda.

 

Na última fase do ano conte com uma energia mais serena mas igualmente exigente. Diria que agora chega a energia da Imperatriz e as colheitas começam a ser feitas. A comunicação será essencial e muitos conflitos podem surgir por mal entendidos e palavras mal pensadas. Cuidado e não coloque mais lenha na fogueira, pois é certo que se vai queimar. Cuidado com o orgulho e a vaidade. Não se perca nestas energias.

Procure expiar o excesso de energia e comece hobbies que lhe permitam ser criativo.

 

2022 será um ano curioso. Não creio que aja anos bons ou maus. Somente pessoas incapazes de ler a energia e aproveitar aquilo que se encontra disponível. E depois há queles que se recusam a fazer o trabalho que tem que ser feito.

É certos que muitos não sabem quem são nem aquilo que querem e procuram sempre uma saída rápida áquilo que é o trabalho duro que é preciso fazer. Mas este ano não vai permitir isso. Atalhos e respostas rápidas não vão satisfazer a exigência do ano. O caminho é o da rectidão, da disciplina e do trabalho duro.

 

Mas no final vai ficar tudo bem.

E se não ficar, esta tudo certo.

A mãe cuida.

E o pai ampara.

 

Joana Cristina Pinto

Todos os direitos reservados.

Não permito cópia sem autorização e menção.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Links

  •  
  • Em destaque no SAPO Blogs
    pub