Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Joana Cristina Pinto

Joana Cristina Pinto

10
Mar21

Vamos desmistificar o Reiki

Joana Cristina Pinto

wellness-285590_1920.jpg

Aqui não vou falar das origens do Reiki, nem de quem o criou ou redescobriu, pois a meu ver existem coisas muito mais importantes a falar.

 

O Reiki insere-se na categoria das terapias energéticas, pois permite através de canalização e manipulação consciente de energia (se o terapeuta assim foi ensinado) o equilibrar das mesmas de todo o ser (chakras, aura, meridianos, corpo físico, corpo mental, corpo espiritual, ...).

 

É uma técnica altamente saudável pois tem inúmeros benefícios tais como:

  • Ajuda a aliviar dores físicas;
  • Reduz o stress e a ansiedade;
  • Ajuda a resolver problemas de insónia (devido ao relaxamento provocado);
  • Facilita o fortalecimento do sistema imunitário;
  • Permite a aceleração da recuperação da saúde;
  • Actua em estados depressivos;
  • Promove a auto-estima;
  • Ajuda a eliminar vícios como o tabaco;
  • Ajuda a desenvolver a criatividade;
  • Permite a libertação traumas emocionais do presente e do passado;
  • Ajuda o crescimento espiritual;
  • Equilibra todo o ser – corpo, mente e espirito;
  • Reforça a aura;
  • Purifica e harmoniza os chakras;
  • Entre outros benefícios…

 

P.S. – Reiki é altamente benéfico mas não faz milagres por si só. É necessário haver uma responsabilização pessoal de todas as coisas que fazemos, pensamos e dizemos.

Reiki não cura, miraculosamente, doenças (por ex. cancros, fibromialgias,..). Reiki promove, o bem estar físico, mental, psicológico e espiritual, e isso sim, pode levar a cura!

Reiki, não cura dependências químicas ou físicas, por ex . tabaco, álcool ou drogas. Mas, como falei do ponto anterior, o bem estar e responsabilização provocado pelas energias das terapias pode levar a uma mudança de estilo de vida.

Reiki não é usado, ou a meu ver não deveria, para encontrar objectos ou influencia situações ou decisões.

Reiki não é religião, culto ou seita.

Reiki não faz mal. Reiki pode provocar a “crise da cura” (catarses físicas) o trazer a superfícies situações que tem que se tratadas e resolvidas (bloqueios), e ai pode ocorrer algum mal-estar ou mesmo retrocesso no processo de bem estar. Isto é temporário. Se se sentir constantemente mal e desconfortável ao fazer Reiki, isso não é Reiki é outra coisa qualquer. Existem muitas pessoas a dizer que fazem Reiki e não fazem.

 

MAS O REIKI NÃO É SOMENTE A TERAPIA OU A CANALIZAÇÃO DE ENERGIA.

 

Esta técnica assenta no viver de 5 princípios que devem ser usados e colocados em prática diariamente.

  • Só por hoje estou calmo;

(O que não quer dizer que não tem direito a ter raiva ou ficar triste com alguém)

 

  • Só por hoje fico tranquilo;

(O que não quer dizer que não se deve desresponsabilizar ou ignorar os problemas da vida)

 

  • Só por hoje sou grato por todas as bênçãos que recebo;

(O que não implica que viva somente num mundo de positividade e nega tudo aquilo que corre menos bem)

 

  • Só por hoje faço o meu trabalho honestamente;

(O que não significa que se deve trabalhar de graça)

 

  • Só por hoje sou bondoso com todos os seres vivos;

(O que não implica que se torne vegetariano)

 

A premissa “só por hoje..” não deve ser só usada nestes 5 princípios mas sim adaptada as diversas situações do nosso dia a dia. A técnica tem que evoluir tal como nós evoluímos.

 

O ensino de Reiki é possível e está dividido, idealmente, em 3 níveis, onde qualquer pessoa pode aceder a eles.

  • Nível 1 (O despertar)

Este nível a energia fica focada no trabalhar do corpo das energias físicas. Quem faz o nível 1 não deveria fazer Reiki a terceiras pessoas. Quem faz este nível fica para sempre iniciado em Reiki.

 

  • Nível 2 (O Terapeuta)

Neste Nível as energias trabalham a mente e das energias mentais. É também ensinado o protocolo para as terapias a terceiros.

 

  • Nível 3 (O Mestrado)

Neste último nível o foco está na limpeza e desenvolvimento espiritual. É ensinado o protocolo para iniciação de outras pessoas no mundo do reiki. De notar que existem escolas de Reiki que dividem este último nível em partes - escolha de cada um, mas a meu ver é uma forma de ganhar mas dinheiro.

 

Apontamentos importantes:

  • Existem várias escolas de Reiki assim como diversos tipo de Reiki. Todos assentam na mesma premissa apesar de terem ideologias, técnicas e símbolos diferentes.
  • Uma variante é melhor por ter mais símbolos? Não.
  • Uma variante vem complementar a outra? Talvez. Pode ser que o mestre em questão passe informação diferente.
  • Para ser um Reikiano melhor precisa de estar iniciado em todos? Não!
  • Ensino de Reiki é sempre igual? Não. Mestres diferentes foram ensinados de forma diferente e ensinam de forma diferente. Pessoas evoluem e juntam a sua experiência pessoal.
  • Faço Reiki e não sinto nada, estou a faze algo de mal ou fui mal iniciado? Não. A energia sente-se de forma diferente em alturas diferentes.
  • Mudei de mestre, preciso de repetir desde o nível 1? Não. O que foi feito anteriormente é válido.

 

De uma forma simples é isto, qualquer dúvida ou questão falem comigo.

Joana Cristina  Pinto

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Links

  •  
  • Em destaque no SAPO Blogs
    pub